segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

...


Por trás do barulho, há o silêncio.
O barulho só existe porque o silêncio deixa...

4 comentários:

Rafaely Alencar disse...

Como diz uma boa música: Não existiria o som se não fosse o silêncio, não haveria luz se não fosse a escuridão... a vida é mesmo assim: dia e noite, não e sim.

Fábio Graa disse...

Hum... Se bem que há, sim, luz sem trevas... rs.

Rafaely Alencar disse...

Hum..entendo...então a musica esta pelo avesso, rs...deveria ser não existiria o silêncio se não fosse o som, não haveria escuridão se não fosse a luz...rs

Fábio Graa disse...

Mas aí a minha postagem não teria sentido.
A questão é que o barulho é como uma multiplicidade de sons, e isto é contingente. Antes do barulho, já havia silêncio e, depois do barulho, o silêncio permanecerá.
Mesmo enquanto há barulho, o silêncio está por trás, quieto, discreto. Ele é que permanece.

Luz e treva são outra coisa.